Polícia Militar detém suspeito de ameaçar presidente do IMTT

Homem foi levado para a delegacia do Centro de Campos

Geral
Por Redação
10 de julho de 2019 - 17h07

A Polícia Militar identificou e deteve, na tarde desta quarta-feira (10), um dos suspeitos de ameaçar de morte o presidente do Instituto Municipal de Trânsito e Transporte (IMTT), Felipe Quintanilha. O suspeito foi levado para prestar depoimento na 134ª Delegacia do Centro e chegou ao local no próprio carro e acompanhado por uma viatura da PM. O homem, de 27 anos, é morador de Guarus e confessou ser o autor das ameaças contra Quintanilha. Ele prestou esclarecimentos e foi liberado em seguida. Quintanilha anunciou as ameaças em coletiva de imprensa, concedida horas antes da prisão do suspeito, convocada para detalhar as mudanças no sistema de transporte.

Os áudios circularam em vários grupos de whatsapp. Em um deles, o homem falou “Já passou da hora de um cabrunco desse aparecer arrastado no meio da rua e morto na p… desta cidade. Está faltando homem para fazer isso”.

Segundo a delegada adjunta da Delegacia do Centro, Nathália Patrão, o homem afirmou que não tinha a intenção de fazer ameaças ou praticar algum crime contra Quintanilha. “Todas as informações coletadas serão encaminhadas ao Juizados Especial Criminal para que seja julgado”, afirmou.

A pena para o crime de ameaça é de 6 meses a um ano de prisão ou multa.