Vídeo: animais soltos na pista causam acidente e preocupam motoristas em Campos

Nesta quarta o motorista de um carro atropelou um animal que atravessava a rodovia

Campos
Por Redação
12 de junho de 2019 - 16h51

Os frequentes casos de animais soltos na Avenida Lourival Martins Beda, no trecho que fica atrás do Hospital São José, em Goitacazes, e vai até a rotatória do Batalhão de Polícia Rodoviária Estadual (BPRV), no bairro Parque Imperial, em Campos, têm preocupado os motoristas que trafegam no local. Cercada por áreas verdes e muito utilizada por quem foge do trânsito intenso da RJ-216, a Campos x Farol, a estrada é asfaltada e costuma ser trajeto utilizado com freqüência por quem quer encurtar o caminho.

Nesta quarta-feira (12), a moradora de Goitacazes Dayane Tripari, filmou poucos instantes após um acidente de trânsito no local. O motorista que seguia na frente dela não conseguiu perceber em tempo uma vaca que invadiu a pista, atropelou e matou o animal.

“Eu vinha logo atrás e vi tudo. Foi logo após uma curva e não teve como ele desviar totalmente, o motorista ainda foi rápido e conseguiu conduzir o carro pro lado rapidamente para não atingir o animal em cheio. Poderia ser muito pior. Agora quem vai pagar o prejuízo dele? E se fosse algo mais grave? Ninguém sabe quem é o responsável pelo animal e agora o dono do carro que vai ficar no prejuízo por algo que ele não teve culpa…”, lamentou.
Dayane, que passa diariamente pela rodovia, já fez vários vídeos denunciando o problema. Segundo ela, já foram inúmeras as situações de risco por causa do gado soltos e os veículos que passam em alta velocidade.

“É muito perigoso, principalmente de noite que a visibilidade é menor. Tem muito mato dos dois lados, é escuro e têm animais soltos. Naquele trecho não tem sequer placas que orientem os motoristas quanto a este risco. Não sei o que falta acontecer para as autoridades resolverem este problema”, desabafou.

O Batalhão de Polícia Rodoviária Estadual (BPRV) informou que quem é responsável por aquele trecho é a Prefeitura de Campos.

Em nota, a Prefeitura de Campos informou que:

“O Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) ressalta que, quando trata-se de RJ-216, a ação de remoção de animais caberia ao Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv). Acionado, o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) também pode atuar nesta área, dentro do cronograma de atendimento do órgão. O CCZ também realiza orientações constantes em pontos do município com maior ocorrência de animais soltos. O diretor do CCZ, Marcelo Sales, reforça a orientação de que os proprietários de animais mantenham os mesmos presos e as propriedades devidamente cercadas para evitar acidentes. Atualmente, o CCZ mantém parceria com a Polícia Rodoviária Federal (PRF) para apreensão de animais de grande porte em vias públicas. A direção do órgão reforça, ainda, que a população pode ligar ou enviar mensagens através de WhatsApp para que a solicitação seja inclusa no cronograma do órgão. Proprietários de animais apreendidos em vias públicas pagam multa e diária. Se o animal ficar mais de cinco dias apreendido, o proprietário perde o direito. Em caso de flagrante de animais soltos, o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) atua através do telefone (22) 98126-5234. A população pode ligar ou enviar mensagens através de WhatsApp. Com relação a cercamento de áreas, a superintendência de Postura encaminhará equipe para verificação de alguns trechos”.