Filho apontado como suspeito de matar mãe e padrasto é encontrado morto em Cambuci

Segundo Polícia Civil, residência, que fica no bairro Monte Castelo, não apresentava sinais de arrombamento

Geral
Por Redação
12 de junho de 2019 - 19h16

Um casal de idosos foi encontrado morto dentro de casa na noite de terça-feira (11) em Três Rios, RJ. Segundo informações da Polícia Civil, os dois estavam na cama no bairro Monte Castelo. A residência não apresentava sinais de arrombamento. O filho da idosa, identificado como Daniel Vogas Daibes, era o principal suspeito do homicídio. Ele foi encontrado morto na tarde desta quarta-feira (12), em um sítio no Goiabal na localidade de Cambuci.

O casal de idosos, Sadi Vogas, de 69 anos e Maria Amélia Daflon Daibes Pereira, de 64 anos, foi encontrado morto dentro da própria residência três dias após o crime e os corpos já estavam em estado de decomposição.

A polícia informou que Saide Vogas, de 69 anos, foi morto com golpes de algum objeto, como madeira, e Maria Amélia Daflon Vogas, de 64, foi asfixiada. No local havia a mãe da vítima, de 92 anos, que estava em choque e foi levada para o hospital.

Filho era apontado como suspeito
Familiares do casal informaram à polícia que o suspeito de 32 anos, que seria usuário de drogas, morava com os idosos e teve um desentendimento com a mãe e o padrasto.

Segundo o delegado titular da 108ª DP, André Pinto Lourenço, a linha de investigação inicial aponta para o filho. “Não havia sinal de arrombamento no local e o carro da vítima não estava na casa. O filho do casal, que mora na residência não foi visto no fim de semana. A partir desses detalhes e apesar das tentativas de contato com o mesmo nada de positivo foi conseguido, as informações nos levaram a suspeitar deste rapaz”.

Com informações do G1