Mais de 650 empresas foram abertas em Campos nos cinco primeiros meses de 2019

O resultado coloca o município em sexto lugar no estado

Economia
Por ASCOM
6 de junho de 2019 - 8h20

Jucerja funciona na Casado Empreendedor, na Rua Salvador Corrêa, 21, Centro (Foto: Divulgação/SupCom)

Mais de 650 empresas foram abertas em Campos neste ano, de acordo com a Junta Comercial do Estado do Rio de Janeiro (Jucerja). O resultado coloca o município em sexto lugar no estado, ficando atrás somente da capital, Niterói, São Gonçalo, Duque de Caxias e Nova Iguaçu.

“Os setores que mais abrem empresas em Campos são o de vestuário e acessórios, alimentício, clínicas de fisioterapia e construção. Continuamos mantendo a sexta posição no Estado do Rio”, explicou o Diretor de Inovação, Pompílio Reis.

Inaugurada pelo prefeito Rafael Diniz, em setembro de 2017, a 27ª Delegacia da Jucerja agiliza uma série de procedimentos referentes à abertura, alterações e fechamento de empresas, que antes tinham que ser feitos fora do município. Os serviços são realizados em até 48 horas, diminuindo a desburocratização. A demanda de cerca de 15 anos da classe empresarial criava uma demora e custo com deslocamentos para o acompanhamento do processo de abertura ou alterações do comércio.

A Jucerja funciona de segunda-feira à sexta-feira, das 10h às 16h, na Casa do Empreendedor, vinculada à secretaria de Desenvolvimento Econômico (SMDE), na Rua Salvador Corrêa, 21, Centro.