Prefeitura diz que vai intervir para permanência de campus da UFRRJ em Campos

Uma comissão foi formada mas ainda não apresentou alternativas para solucionar o problema

Geral
Por Redação
31 de maio de 2019 - 12h24

Sede da UFRRJ fica na RJ-216 (Foto: reprodução)

Uma comissão instituída pelo prefeito Rafael Diniz analisa meios para manter em funcionamento, em Campos, a UFRRJ (Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro) e ao mesmo tempo respeitar os direitos do grupo que adquiriu a área, onde há cerca de 40 anos está localizada a instituição de pesquisas. A UFRRJ-Campos é responsável por importantes estudos, que auxiliam a produção agrícola em todo o estado, em especial a de cana-de-açúcar.

“Desde o início do mandato, reforço o compromisso da nossa gestão com a Academia. Campos é um celeiro de universidades de ponta que, há anos, promovem conhecimento, desenvolvem pesquisas e apontam os rumos que devemos seguir. E a Universidade Rural de Campos além de tradicional é importantíssima para o nosso município e também para a região. Estamos analisando todas as possibilidades, dialogando com as partes envolvidas para que os direitos de ambos sejam respeitados, de acordo com a lei, e o interesse coletivo seja preservado”, frisou Rafael Diniz.

No campus Campos da UFRRJ há laboratórios onde são desenvolvidas dezenas de pesquisas, como por exemplo, a que utiliza insetos para controle de pragas que devastam plantações e direciona produtores em todo o estado do Rio de Janeiro.

Leia também: Universidade Federal Rural perde ação para Grupo Itamarati e poderá ser despejada