Prefeitura adia inauguração do novo prédio da UPH São José, em Goitacazes

Adiamento foi ocasionado pela necessidade de readequações estruturais; entrega deve acontecer "até o dia 25 de junho"

Geral
Por Marcos Curvello
30 de maio de 2019 - 8h53

(Foto: Carlos Grevi/Arquivo)

A inauguração do novo prédio da Unidade Pré-Hospitalar (UPH) São José, no distrito de Goitacazes, na Baixada Campista , foi adiada em quase um mês. Originalmente prevista esta sexta-feira (31), entrega deve acontecer “até o dia 25 de junho”, anunciou a Prefeitura de Campos, em matéria publicada em seu site oficial, na tarde desta quarta-feira.

A UPH São José é referência para a Baixada Campista, mas funciona em um prédio antigo, também localizado em Goitacazes, que vem sendo alvo de uma série de denúncias de má conservação nos últimos anos.

No último dia 18, o revestimento do teto do banheiro da enfermaria feminina cedeu em decorrência da chuva que caiu no município. Não houve feridos.

De acordo com o secretário municipal de Saúde, Abdu Neme, o adiamento acontece em função da “chegada dos aparelhos, como o raio-x digital”. “A estrutura do São José teve que passar por algumas adequações. Como a população merece um hospital funcionando plenamente, eu conversei com o prefeito Rafael Diniz e pedi que ele adiasse a inauguração do Novo São José por alguns dias, até que essas adequações estejam concluídas”, afirmou Neme.

Um vídeo foi publicado pela Prefeitura para explicar à população o adiamento da entrega. Veja abaixo:

A obra da nova sede da Unidade Pré-Hospitalar São José foi iniciada em 2011, com previsão inicial de entrega em dois anos. Os trabalhos, porém, se arrastam há oito anos.

A planta conta com dois pavimentos e 2.700 m² de área construída, incluindo 10 consultórios ambulatoriais, cinco consultórios de emergência e 40 leitos de enfermaria, sendo 30 de clínica médica e 10 de pediatria.