Criminosos e vândalos furtam piso de metal e destroem passarela

A estrutura que corta os bairros Bela Vista e Imperial foi prejudicada, comprometendo a travessia e segurança de pedestres

Comunidade
Por Redação
16 de maio de 2019 - 14h21

A passarela fez parte do projeto de duplicação do trecho urbano da RJ-216(Divulgação)

Nas últimas semanas, a passarela que atende a moradores dos bairros Bela Vista e Parque Imperial, em Campos, foi depredada. Parte do piso que é feito com placas de metal foi arrancada por vândalos. Ainda não se sabe a autoria do dano ao patrimônio público. Moradores próximos afirmam que no local é comum encontrar usuários de drogas que se reúnem em grupos, principalmente à noite. A passarela construída durante a gestão de Rosinha Garotinho sempre foi alvo de críticas, por ser muito alta e extensa para atravessar de um ponto a outro. No entanto, ela é utilizada por muitos pedestres, pois o trânsito de veículos é bastante intenso no trecho da Avenida Lourival Martins Beda.

O profissional autônomo Tiago Barreto é morador do Bela Vista. Segundo ele, nos últimos dois meses, percebeu a retirada de placas de metal. “A cada semana, uma placa sumia da passarela. No último mês, a coisa piorou. Ontem, fui surpreendido, pois em uma das entradas do passarela não tem como pisar e subir para fazer a travessia”, conta. A vendedora Luciana Soares trabalha em um supermercado próximo, no Parque Imperial. Ela diz que, apesar de o acesso à passarela sempre ter sido ruim, sem as placas piorou ainda mais.

Placas de metal que fazem parte do assoalho da passarela foram furtadas (Divulgação)

“A rampa é muito comprida e fica afastada da rua. A gente fica com medo de passar, pois costuma ter gente suspeita no local. É inseguro, principalmente à noite. Muitos preferem atravessar na pista, mesmo correndo risco de atropelamento”, afirma.

Quem também se queixa da situação da passarela é aposentada Ângela Pessanha. Ela costuma passar por ali para levar a neta na escola que fica do outro lado da pista que é sempre muito movimentada. “Eu não gosto de passar, mas é mais seguro. A rampa é muito alta e com muitas curvas. A gente prefere atravessar, porque às vezes tem atropelamento aqui. Colocaram uns quebra-molas em alguns pontos, mas mesmo assim, tem motorista que não respeita. Sem as placas, a gente tem dificuldade de pisar. Está muito ruim a situação”, critica.

A reportagem procurou a Prefeitura de Campos para saber se o governo fez denúncias à Polícia Militar sobre o furto das placas de metal, mas não houve resposta. De acordo com nota enviada pela assessoria de comunicação, a  secretaria de Infraestrutura e Mobilidade Urbana está viabilizando junto ao Departamento de Estradas de Rodagem (DER-RJ), reparos na estrutura. Paralelo a isso, já está realizando levantamento para os reparos emergenciais necessários. O prazo para a conclusão do conserto não foi revelado.