Corpo de policial que caiu da Ponte Leonel Brizola durante perseguição a bandidos é velado na 1ª Igreja Batista de Guarus

Sepultamento será às 17h no Cemitério Campo da Paz

Campos
Por Redação
1 de maio de 2019 - 11h34

Cabo Lucas tinha 34 anos (Foto: reprodução)

O corpo do cabo da Polícia Militar Lucas Porto Pinheiro, 34 anos, que caiu da Ponte Leonel Brizola, no Centro de Campos dos Goytacazes, na noite de terça-feira (30), durante perseguição a dois bandidos, está sendo velado na 1ª Igreja Batista de Guarus, no Jardim Carioca, e o sepultamento acontece às 17h desta quarta-feira (1º), no Cemitério Campo da Paz, no Parque João Maria. De acordo com o 8º Batalhão de Polícia Militar de Campos (8º BPM), onde o cabo era lotado, um cortejo em homenagem ao PM sairá da igreja em direção cemitério às 16h.

Também de acordo com o 8º BPM, Lucas morreu por volta das 20h. A motocicleta na qual o policial participava de uma perseguição a dois suspeitos que também estavam em uma moto, bateu na mureta de proteção da ponte e o agente acabou sendo lançado no espaço entre as duas pistas.

O cabo caiu próximo à área onde funcionam os quiosques, sob a Ponte Leonel Brizola. O Corpo de Bombeiros foi acionado, prestou socorro, e o militar chegou a ser levado para o Hospital Ferreira Machado (HFM), não resistiu aos ferimentos e morreu logo depois.

Segundo o 8º BPM, o policial estava na corporação há nove anos. “Nesse momento, só nos resta agradecer a Deus, por ter permitido ombrear junto com esse profissional”, lamentou o 8º BPM em suas redes sociais.

Moto do policial colidiu com a mureta de proteção da ponte