Grupo espírita de Campos realiza evento beneficente

A instituição Doutor Hermann arrecada valores para a construção de um lar para idosos

Solidariedade
Por Ocinei Trindade
18 de março de 2019 - 12h52

Voluntários do Grupo Espírita Dr. Hermann participam de campanhas beneficentes em prol da construção de um abrigo para idosos, em Campos. Eles já possuem um terreno e o projeto para obra. Entretanto, necessitam de recursos que vêm de doações e arrecadações em eventos. No dia 13 de abril, será realizado o Show de Prêmios, na sede da instituição, às 14h. Os ingressos custam 15 reais. Para a presidente do grupo, Alda Ribeiro, a sensibilidade e a participação da comunidade ajudam em diversas ações da instituição.

A edificação do Lar da Esperança Benedita Fernandes é um antigo sonho do grupo Dr. Hermann. “Nós temos muitas dificuldades com projetos sociais. São anos cuidando de pessoas. Cuidar dos idosos exige mais. Em nossa concepção, queremos ter leitos fixos para quem não têm família e não têm como sobreviver. Além de oferecer leitos móveis para acolhermos quem pudermos com banho, descanso e alimentação. Temos um terreno, mas dependemos de obras futuras. Queremos oferecer conforto e acessibilidade para idosos”, explica Alda Ribeiro.

Mulheres assistidas por projetos sociais da entidade

O tempo previsto para início da obra depende da arrecadação. “Obra de caridade não é fácil. Realizamos eventos, mas também há despesas com 150 crianças assistidas, estudos, área social com moradoras da Chatuba. Oficinas são realizadas também em Farol de São Thomé e em Barra do Furado. Gostaríamos de erguer logo um espaço, mas é preciso recursos financeiros. A comunidade pode ajudar com colaboração e contribuição nos eventos. Doação de material também é bem-vinda”, cita a presidente do grupo.

De acordo com os organizadores, o show de prêmios pretende sortear 12 itens valiosos como televisor, ventiladores, forno microondas, entre outros. “O evento será na sede do grupo, na Rua Múcio da Paixão, 485, Parque Jardim das Palmeiras/Alphaville. Músicos da cidade nos darão o apoio na ocasião”, disse a assistente social Mayra Abreu, uma das voluntárias.

Para Alda Ribeiro, cuidar de idosos é cumprir um importante papel na sociedade e na família. “Eu tenho um lado maternal para cuidar de pessoas. E os idosos precisam ser tratados e ajudados.  A doutrina espírita nos convida à caridade. Todos nós procuramos a felicidade, e isto se realiza na prática do bem quando feito de coração, respeitando o outro”. conclui.

Voluntários e assistidos no projeto Dr. Hermann