Morre aos 68 anos Edinho, ex-goleiro e presidente do Clube Esportivo Rio Branco

Ele infartou durante um cruzeiro marítimo, que partiu, na terça-feira, de Salvador, na Bahia, com destino a Búzios

Esporte
Por Redação
14 de março de 2019 - 7h42

(Foto: Reprodução)

Morreu, na tarde desta quarta-feira (13), o presidente do Clube Esportivo Rio Branco, Edson Moreira dos Reis. Edinho, como era mais conhecido, fez carreira como goleiro do róseo-negro, que passou a administrar em 2002. Ele tinha 68 anos e infartou durante um cruzeiro marítimo, que partiu, na terça-feira, de Salvador, na Bahia, com destino a Búzios, na Região dos Lagos.

Edinho fazia a viagem acompanhado da esposa e sofreu um ataque cardíaco na piscina da embarcação. O clube, que está sem vice-presidente desde que o radialista Arnaldo Garcia renunciou, em 2017, deve passar ao comando do atual presidente do Conselho Deliberativo, César Barreto.

O empresário Joílson Barcelos, que se encontra em São Paulo, lamentou profundamente a perda. Desde 2010, ele desenvolvia com Edinho um trabalho social na área que pertencia ao Rio Branco, no subdistrito de Guarus, e que há dois anos foi comprada pelo empresário para a construção de um shopping center que será inaugurado esse ano.

Além de atleta, diretor de futebol e presidente do clube, Edinho também foi arbitrário de futebol. Ele venceu, recentemente, um câncer na mandíbula e planejava reinserir a prática do futebol no Rio Branco, com o retorno das categorias de base.

A ideia de retornar ao futebol profissional havia feito Edinho buscar a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (FFERJ) para refiliar o clube, que deve ganhar uma nova sede ainda este ano.