Mesmo sem casos da febre amarela, Campos segue com vacinação contra a doença

Devem ser imunizadas pessoas entre nove meses e 60 anos. Em todo o município são várias salas para imunização.

Campos
Por Redação
19 de fevereiro de 2019 - 10h49
Na última semana, a Organização Mundial de Saúde (OMS) divulgou um alerta para falar sobre a possibilidade de o país enfrentar a terceira onda da doença. Foram confirmados 36 casos em humanos entre dezembro de 2018 e janeiro deste ano. A assessora chefe da Vigilância Epidemiológica, Roberta Lastorina, ressalta que o município não tem casos registrados de febre amarela, mas é de extrema importância a imunização para quem ainda não se vacinou. Desde 2017, mais de 536 mil pessoas foram imunizadas.
— A cidade não possui casos registrados da doença. A Vigilância executa ações para o controle do vetor como análise das áreas com primatas, através do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) e também realiza diariamente a vacinação nas unidades de saúde — explicou.
Devem ser imunizadas contra a febre amarela, pessoas entre nove meses e 60 anos, obedecendo às indicações e contraindicações do Ministério da Saúde de não ter doenças autoimunes; estar em tratamento contra o câncer; ser soropositivo para HIV, não ser alérgico à proteína do ovo e à gelatina, não fazer uso de medicamentos em doses imunossupressoras. Se for gestante ou possuir idade igual ou maior de 60 anos, só será vacinado com a apresentação de atestado de autorização preenchido por seu médico.
Seguem abaixo as salas de vacinação do município que disponibilizam a vacina contra febre amarela, além das vacinas do Calendário Nacional. O funcionamento acontece de segunda-feira a sexta-feira, das 8h às 17h.
Fonte: SupCom