Escolinha de Bodyboard será mantida o ano todo no Farol de São Thomé

Hoje, 50 crianças estão inscritas para aulas que acontecem às quartas, sextas e sábados, sempre na parte da manhã

Esporte
Por ASCOM
10 de fevereiro de 2019 - 19h36

A Escolinha de Bodyboard na praia de Farol de São Tomé “bombou” neste sábado (09), com participação de cerca de 20 crianças, de 6 a 14 anos, querendo aprender a surfar. A boa notícia é que as aulas vão prosseguir durante todo o ano e não somente neste Verão Alô Farol 2019.

E quem ainda quiser entrar na Escolinha, existe possibilidade, já que as vagas ficam permanentemente abertas. Hoje 50 crianças estão inscritas para aulas que acontecem às quartas e sextas-feiras, além de sábados, sempre na parte da manhã.

O instrutor Bruno Invyk – campeão estadual, bi-campeão brasileiro e campeão mundial na modalidade – explica que as crianças não aprendem só a surfar, muitas aprendem também a nadar, ter noções de como entrar e sair do mar, entre outras técnicas, até chegar ao surf.

(Foto: Mauro de Souza)

– Mas fora o esporte, a gente acaba também desenvolve um trabalho social, observando a criança em um todo. Aí se observa se ela está na escola, como estão as notas, se precisa de assistência em alguma área, procurando ajudar de alguma forma – acrescenta Bruno Invyk.

A adolescente Isadora Rangel Zeferino, 14 anos, residente no vizinho distrito de Santo Amaro, começou as aulas há dois meses e sequer sabia nadar antes. Agora, já começou a surfar e a sonhar em participar de campeonatos. “Eu estou pensando em não parar, me tornar uma atleta de competição no surf”, diz a adolescente.

Fonte: SupCom Campos