17 de Setembro de 2014

Busca não realizada

Sua busca deve conter no mínimo 2 letras.


Norte-Noroeste Fluminense

Data: 13/10/2013 - 00:01:02

Escola de aviação em Macabu: alunos decolam nas oportunidades

Um dos principais campos de atuação na região é no aeroporto de Macaé, a maior base de apoio a exploração de petróleo Nacional

O antigo sonho de criança está prestes a se tornar realidade: “desde pequeno queria ser piloto de helicóptero. Comecei na escola por hobby e, somada às oportunidades de trabalho, consegui unir o útil ao agradável”. Esse é o desejo do macaense Guilherme dos Anjos Fernandes, de 31 anos, aluno da Escola de Aviação Civil Sky Clear, em Conceição de Macabu.

 

Assim como o Guilherme, cerca de 150 alunos de várias partes do país, como Rio de Janeiro, Pernambuco, Bahia, Mato Grosso e São Paulo, entre outros estados, buscam pela oportunidade na área. Segundo o piloto, instrutor de vôos e diretor comercial, Eduardo Buss, o curso se baseia em aulas teóricas, com duração de seis meses, e práticas. As provas são agendadas e feitas na Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), no Rio de Janeiro.

 

“Nossa missão é treinar pilotos, são três aeronaves para instrução. Dependendo da condição financeira do aluno, é possível concluir o curso entre oito meses a um ano e meio. O custo do aluno é de R$ 650, por hora/aula. O total são 100 horas. Concluído, o aluno já sai piloto profissionalizado para o mercado de trabalho”, disse.

 

Uma das grandes oportunidades de trabalho na região é no aeroporto de Macaé, a maior base de apoio a exploração de petróleo nacional, com média de 60.000 pousos e decolagens e que recebe mais de 400.000 passageiros anualmente. Desse total, 98% referem-se à atividade offshore. Os números foram informados pela Infraero.

 

“Na oportunidade, o aluno irá atingir a marca de 500 a 600 horas de vôo. Esse é o mínimo de horas exigidas pela Petrobras, para estar apto a atuar e disputar a competitividade do mercado. Os salários para aviadores variam de R$ 8 mil a R$ 30 mil”, explicou, informando que, até o meado do dezembro, haverá um centro de treinamento esportivo também em Vitória, no Espírito Santo.

 

A escola possui um heliporto, um hangar e o prédio da sede, na localidade de Ponto Pinheiro, na RJ 196 - Estrada de Macabu-Macabuzinho. Ao todo, são 900 metros quadrados de pista, mas a pretensão é chegar a 1.200 metros quadrados.

 

Os requisitos básicos para se inscrever no curso são: ter mais de 18 anos; segundo grau completo; estar em dia com o serviço militar; apresentar o CMA (Certificado Médico Aeronáutico, encaminhado pelo CEMAL/Ilha do Governador – RJ).

 

O interessado em se inscrever no curso deve entrar em contato pelo telefone  (22) 2779-3108 ou acessar o site www.skyclearaviacao.com.br.
 

Deixe seu comentário

Deixe seu comentário

0 de 240 caracteres
*Campos obrigatórios

Comentários (0)

  • Não há comentários. Seja o primeiro a comentar.