27 de Novembro de 2014

Busca não realizada

Sua busca deve conter no mínimo 2 letras.


Data: 15/10/2012 - 00:37:00

Especulações para 2014

Uma questão importante, que mexe com o xadrez político do Estado, foi a reeleição de Eduardo Paes (PMDB) para a Prefeitura do Rio


As eleições no município de Campos dos Goytacazes terminaram. O grupo liderado pelo Deputado Federal Anthony Garotinho (PR/RJ) conseguiu reeleger Rosinha (sub judice) para possíveis quatro novos anos de mandato. Além disso, a maioria dos vereadores eleitos concede a prefeita uma tranquilidade no legislativo digna de inveja. Nesse contexto confortável está incluída a eleição para a presidência da Casa do Povo.


No município de São João da Barra, a Prefeita Carla Machado conseguiu eleger o seu sucessor ‘Neco’, mesmo após uma operação da Polícia Federal que rendeu especulações de todas as espécies, mas que não é objeto desse artigo.


A derrota de Betinho Dauaire (PR) em São João da Barra deixa o grupo de Garotinho longe das articulações econômicas que estão, a cada dia, aumentando no município vizinho. As negociações financeiras, laborativas e políticas que serão tratadas dentro de São João, principalmente em relação ao Complexo portuário do Açu terão com certeza, a participação de Carla Machado e seu grupo, o que a fortalece politicamente.


Além disso, a chefe do executivo são-joanense elegeu em Campos, para o cargo de vereador, o seu irmão Fred (PSD). Quando digo que a eleição de seu irmão é uma conquista pessoal de Carla, não quero desmerecer o apoio a ele ofertado por seus cabos eleitorais e coordenadores de campanha. Faço essa afirmação, pois a eleição de Fred retirou do grupo ‘garotista’, uma cadeira importante no legislativo e estende os tentáculos articulatórios de Carla fora dos limites territoriais de São João.


No ano de 2014 há grandes possibilidades de termos uma disputa interessante para o legislativo federal entre Carla Machado e Clarissa Garotinho. Isso, caso Garotinho consiga ser candidato ao governo do Estado do Rio de Janeiro. Nesse contexto, uma vaga para a ALERJ poderá ser disputada pelo atual presidente do PR municipal Wladimir Matheus.


Na capital do estado, o resultado pífio da chapa Rodrigo Maia/Clarissa afasta o grupo de Garotinho das articulações políticas na capital as vésperas de dois eventos históricos. A Copa do Mundo de 2014 e as olimpíadas de 2016, ou seja, de duas vitrines midiáticas enormes.


Outra questão importante que mexe com o xadrez político do Estado foi a reeleição de Eduardo Paes (PMDB) para a Prefeitura do Rio. Antes, a possível disputa para o governo estadual apresentava um cenário com o Senador da República Lindbergh Farias (PT) e Garotinho (PR), todavia, a votação expressiva de Paes, o legitima a ser um nome a ser trabalhado.


O crescimento de Paes chega à boa hora para o Governador Sérgio Cabral, pois os nomes de Pezão (Vice-governador) e Beltrame (Secretário de Segurança) não são vistos com potencial para uma eleição de tamanha envergadura, como a de governador.


A vantagem de Lindbergh e Garotinho é que ambos possuem uma boa penetração na baixada fluminense, onde se encontra uma série de colégios eleitorais fortes o que Eduardo Paes não possui.


Não restam dúvidas que as eleições gerais de 2014 já estão sendo trabalhadas nos bastidores das cúpulas partidárias. Ao meu sentir, o ano de 2013 será de suma importância para que possamos observar quais serão os nomes que despontarão em 2014 com real viabilidade de êxito nas urnas.
 

Deixe seu comentário

Deixe seu comentário

0 de 240 caracteres
*Campos obrigatórios

Comentários (0)

  • Não há comentários. Seja o primeiro a comentar.