TRF nega recurso a Anthony Garotinho, mas decisão de ministro do STF evita prisão

O ex-governador do Rio e ex-prefeito de Campos é condenado por formação de quadrilha

Política
Por Redação
4 de dezembro de 2018 - 19h44

Anthony Garotinho (Foto: divulgação)

O Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2) negou nesta terça-feira (4) recurso de embargos de declaração da defesa do ex-governador do Rio de Janeiro Anthony Garotinho (PRP). Esta é a última etapa do processo na segunda instância e, teoricamente, o ex-governador poderia ter um mandado de prisão expedido a partir de agora. No entanto, Garotinho está amparado por uma decisão liminar em habeas corpus do ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), que impede sua prisão, até esgotadas todas as possibilidades de recursos judiciais.

decisão de Lewandowski foi tomada em outubro passado. Garotinho foi condenado por corrupção envolvendo delegados de polícia na exploração de jogos de azar.

*Uol