Secretaria de Saúde investiga morte de criança com suspeita de meningite em Campos

Menina de 9 meses era moradora de São Sebastião, na Baixada Campista, e morreu no HFM

Campos
Por Redação
11 de outubro de 2018 - 9h39

Criança foi atendida no HFM (Silvana Rust)

A Secretaria de Saúde de Campos confirmou que investiga a morte de uma criança com suspeita de meningite. A menina de 9 meses morreu, na manhã da última segunda-feira (8), no Hospital Ferreira Machado (HFM). A vítima mora no distrito de São Sebastião, na Baixada Campista. “A morte suspeita está sendo investigada, mas ainda não há confirmação”, afirmou o órgão em nota.

O Departamento de Vigilância em Saúde do órgão informou que a criança internou com suspeita inicial de síndrome respiratória grave, tendo feito 48 horas da medicação, tempo igual ao de internação. Porém, o exame do Líquor estava sugestivo para meningite. A amostra para investigar o possível agente causador da meningite já foi encaminhado para o laboratório de referência no Rio de Janeiro.

“A Vigilância em Saúde investigou, conforme os registros da creche, o cartão vacinal da criança; seguiu todo protocolo de medicamento, estabelecido pelo Ministério da Saúde para os comunicantes diretos e tomou as providências, incluindo as orientações de limpeza da creche, que já foram executadas. Nesta quarta-feira (10), a equipe esteve na unidade para avaliar a situação vacinal das crianças da creche porque a paciente estava com o cartão de vacina em atraso, conforme cópia do cartão no ato da matrícula, feita no final de agosto. Crianças e professores em contato direto com a aluna foram medicados. As crianças que não têm contato constante não recebem quimioprofilaxia conforme as orientações preconizados pelo Ministério da Saúde. Em relação à vacina, foram imunizadas as crianças com a caderneta de vacinação em atraso que ali estão matriculadas e que os responsáveis aderiram ao chamamento da Vigilância. Não houve necessidade de vacinar quem estava com a vacinação em dia”, concluiu a nota do órgão.