Traficante de drogas é preso pela Polícia após tentar desviar de Barreira Fiscal

A prisão do criminoso aconteceu em localidade próxima ao distrito de Travessão, em Campos

Região
Por Redação
21 de setembro de 2018 - 17h44

Barreira Fiscal na BR-101 próximo a Travessão de Campos (Foto: Reprodução/Arquivo)

Nesta sexta-feira (21), por volta das 11h30, policiais e agentes do Posto Fiscal da Operação Barreira Fiscal, na localidade de Mato Verde, próximo ao distrito de Travessão, desconfiaram de um veículo que tentou fugir da fiscalização no Posto. O veículo, modelo Fiat Fiorino, foi perseguido e abordado. O motorista foi reconhecido por um dos policiais como sendo traficante da favela Tira Gosto, em Campos dos Goytacazes. Conhecido como “Renatinho da Tira Gosto”, ele foi conduzido para 146ª DP e identificado como Renato Mathias. Após consulta junto à Sala de Inteligência da Operação foi constatado que contra Renato havia dois mandados de prisão por tráfico de drogas. Ele ficou preso à disposição da Justiça.

A prisão do traficante foi registrada na Delegacia Legal de Guarus (Foto: Silvana Rust)

A Operação Barreira Fiscal foi lançada pela Secretaria de Estado de Governo com o objetivo de apoiar a Secretaria de Estado de Fazenda na fiscalização do trânsito de mercadorias no estado e coibir a sonegação de ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços), além de atuar na apreensão de drogas, armas e produtos pirateados e combater crimes ambientais. A Operação conta com cinco postos fixos de fiscalização: Nhangapi (Via Dutra, em Itatiaia), Levy Gasparian (BR 040), Mato Verde (BR-101 Norte), Angra dos Reis (BR-101 Sul) e Timbó (RJ-186, no Trevo de Itaperuna). Além disso, uma unidade volante da operação percorre as principais rodovias do estado.

A Barreira Fiscal deu início às suas ações no dia 1º de fevereiro de 2010. Desde então, os agentes cumpriram 216 mandados de prisão. Além disso, foram feitos 19.554 registros de ocorrência por diversas irregularidades, sendo 9.787 por porte de entorpecentes. No total, foram apreendidos cerca 2.581 kg de drogas. Neste período, os agentes fizeram 730 registros de pirataria, totalizando 71 toneladas de produtos ilegais. Foram apreendidas 252 armas e 5.929 munições de pequeno e grosso calibre. Trinta e um veículos roubados foram recuperados.