Após reforma, Igreja de São Benedito é reaberta ao público

O templo ficou interditado por conta de obras no telhado desde fevereiro; as missas e  outras atividades estão normalizadas

Patrimônio
Por Redação
21 de setembro de 2018 - 16h17

Um dos patrimônios religiosos de Campos, a Igreja São Benedito foi reaberta ao público. Desde fevereiro, estava interditada para a restauração do telhado. Durante as obras os fieis se reuniram na Igreja São Francisco. A reabertura aconteceu com missa celebrada pelo bispo de Campos, Dom Roberto Ferreria Paz, e  pelos padres  Wallas Maciel e Dênison Martins. Durante toda a semana, acontecem encontros de orações e ação de graças.

A Igreja São Benedito guarda historias e legado precioso pare a comunidade católica da cidade. Fieis empenham-se pela preservação de uma tradição cultural e religiosa, além do patrimônio da arte sacra campista. O prior da Irmandade de São Benedito, Alberto Rosa Fioravante,  destacou fatos marcantes da igreja e da devoção ao santo. A restauração do patrimônio foi comemorada.

Bispo de Campos e outros sacerdotes celebram missas esta semana (Fotos: Divulgação)

“Estamos cheios de gratidão. A igreja estava fechada desde fevereiro para permitir a restauração do telhado quebrado. Essa obra foi possível graças às contribuições de fieis paroquianos e de outras paróquias. A Igreja de São Benedito teve sua primeira missa na véspera do Natal de 1875. Foi construída pela Irmandade composta de irmãos negros, mulatos e brancos, para que pudessem rezar sem segregação”, revela Fioravante.

O bispo Dom Roberto Paz também elogiou a obra e a reabertura do templo católico. “A Igreja São Benedito no coração da cidade é uma construção singular. Trata-se de um belo prédio que passou por situações de risco que levaram à reforma do seu telhado, com uma interdição momentânea. Todas as atividades religiosas foram retomadas”, concluiu.