Suspeita de H1N1: SaA?de aguarda laudo para determinar causa da morte de homem

Paciente de 59 anos estava sintomas da doenA�a hA? mais de uma semana e morreu apA?s dar entrada no hospital

Geral
Por Redação
16 de maio de 2018 - 8h28

(Foto: Silvana Rust)

A secretaria municipal de SaA?de de SA?o FidA�lis aguarda um laudo do Instituto Lacen, no Rio de Janeiro, para determinar as causas da morte de um homem de 59 anos. A suspeita A� de que ele tenha morrido em decorrA?ncia de uma infecA�A?o pelo vA�rus da gripe suA�na, a influenza H1N1.

O paciente deu entrada no Hospital Armando Vidal na segunda-feira (14), se queixando de falta de ar, taquicardia e tosse. Ele jA? apresentava os sintomas, que sA?o caracterA�sticos da doenA�a, havia mais de uma semana, mas ainda nA?o havia buscado tratamento. O homem morreu poucas horas depois.
O municA�pio notificou o caso A� secretaria estadual de SaA?de, coletou o material e enviou nesta terA�a-feira (15) para anA?lise na capital, conforme determinaA�A?o do Governo do Estado. O resultado deve ser conhecido em 15 dias.

De acordo com a secretA?ria municipal de SaA?de, Bruna AraA?jo, todos os casos de gripe com agravamento respiratA?rio serA?o investigados.
a�?A famA�lia do paciente e os funcionA?rios do hospital receberam a medicaA�A?o de profilaxia e foram vacinados, seguindo o protocolo. Mas A� um caso suspeitoa�?, disse.

ImunizaA�A?o a�� O municA�pio de SA?o FidA�lis iniciou a vacinaA�A?o contra o H1N1 no dia 25 de abril. AtA� o momento, foram vacinadas 6,4 mil pessoas, ou seja, 56% da meta. Como medida preventiva, a vacina foi ampliada para populaA�A?o no Dia D, que aconteceu no A?ltimo sA?bado, quando foram realizadas 2,4 mil imunizaA�A�es.