Porto do AA�u comeA�a a operar com um dos maiores navios do mundo

EmbarcaA�A?o classe Very Large Crude Carrier pode armazenar atA� 2 milhA�es de barris de A?leo cru

Economia
Por ASCOM
16 de maio de 2018 - 8h33

(Foto: DivulgaA�A?o)

O Terminal de PetrA?leo (T-OIL) da AA�u PetrA?leo, iniciou nesta terA�a-feira (15) a primeira operaA�A?o de transbordo atravA�s de um navio classe VLCC (Very Large Crude Carrier), com a atracaA�A?o da embarcaA�A?o DHT Redwood. A operaA�A?o refere-se ao atual contrato com a Petrogal.

Os navios petroleiros da classe VLCC estA?o entre os maiores do mundo, com capacidade de armazenamento de atA� 2 milhA�es de barris de A?leo cru.

Desenvolvido pela AA�u PetrA?leo (parceria da Prumo LogA�stica e a Oiltanking), o T-Oil A� o A?nico terminal privado brasileiro com capacidade para receber navios da classe VLCC. As operaA�A�es com este tipo de embarcaA�A?o apenas se tornaram possA�veis devido ao investimento de R$ 400 milhA�es, realizado no ano passado, com as obras de dragagem que levaram a profundidade nominal do terminal para 25 metros.

Hoje o Brasil jA? exporta o equivalente a 1 milhA?o de barris de petrA?leo/ dia, sendo que mais de dois terA�os deste volume A� exportado utilizando-se navios da classe VLCC.

a�?A atracaA�A?o do 1A? VLCC A� um grande marco para a AA�u PetrA?leo. Iniciamos nossa operaA�A?o em agosto de 2016 e, desde entA?o, avanA�amos muito no processo de desenvolvimento do terminal. Hoje, o T-Oil jA? se apresenta como a melhor alternativa para a exportaA�A?o de petrA?leo no Brasil, aliando excelA?ncia operacional, seguranA�a e eficiA?nciaa�?, disse Victor Snabaitis Bomfim, presidente da AA�u PetrA?leo.

No T-OIL, a operaA�A?o de transbordo A� realizada em A?rea abrigada por quebra-mar, possibilitando uma operaA�A?o rA?pida e segura, com eficiA?ncia e reduA�A?o no custo final para os clientes, o que aumenta a competitividade do petrA?leo brasileiro. A operaA�A?o conta com um navio atracado e o outro a contra bordo, ambos cercados por barreiras de contenA�A?o a derrame no mar. Este tipo de operaA�A?o permite maior seguranA�a no transbordo durante todas as estaA�A�es do ano.

O Terminal, que estA? licenciado para movimentar atA� 1,2 milhA?o de barris de petrA?leo por dia, tambA�m inclui uma A?rea licenciada para o futuro investimento em armazenamento e tratamento de A?leo cru. A futura construA�A?o da unidade de tratamento de petrA?leo com tanques de armazenamento irA? contribuir na atraA�A?o de outros clientes, que tambA�m necessitem deste tipo de serviA�o para consolidar seus produtos antes da venda.

Fonte: Ascom