MutirA?o de prevenA�A?o ao Aedes aegypti comeA�a nesta sexta-feira, em Campos

JA? foram confirmados, este ano, no municA�pio, 35 casos de dengue e 55 de chikungunya; nA?o ocorrA?ncia de zika

Geral
Por ASCOM
16 de maio de 2018 - 9h05

(Foto: DivulgaA�A?o/Prefeitura de Campos)

TerA? inA�cio na prA?xima sexta-feira (18), os mutirA�es integrados com aA�A�es de prevenA�A?o A�s arboviroses (dengue, zika, chicungunya e febre amarela) pelos bairros, localidades e distritos do municA�pio. As aA�A�es, tambA�m de conscientizaA�A?o da populaA�A?o, serA?o realizadas por agentes do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) e equipes das superintendA?ncias de Limpeza PA?blica, Postura e das secretarias de Desenvolvimento Humano e Social (SMDHS) e Ambiental.

Para traA�ar novas estratA�gias de enfrentamento A�s doenA�as, uma nova reuniA?o foi realizada na Secretaria de Governo nesta terA�a-feira (15), onde comeA�aram a ser definidas as participaA�A�es de cada setor e o cronograma dos mutirA�es. Atualmente, estA?o confirmados 35 casos de dengue e 55 de chikungunya. NA?o hA? ocorrA?ncia de zika.

“O mutirA?o terA? inA�cio no dia 18 pela manhA?, nos bairros Salo Brand, Turf Club, Riachuelo, Matadouro, Parque Fazendinha e Fazenda Grande. A integraA�A?o entre as secretarias neste trabalho preventivo e tambA�m de conscientizaA�A?o da populaA�A?o A� de extrema importA?ncia para evitar um crescimento ainda maior do nA?mero de casos no municA�pio”, ressaltou a diretora da VigilA?ncia em SaA?de, Andreya Moreira.

A VigilA?ncia, atravA�s do Centro de Controle de Zoonoses e da AtenA�A?o BA?sica, jA? tem intensificado as aA�A�es de prevenA�A?o no combate permanente aos vetores atravA�s de aA�A�es preconizadas pelas diretrizes nacionais para a prevenA�A?o e controle de epidemias. a�?As aA�A�es integradas serA?o intermediadas pela Secretaria de Governo com objetivo de informar e conscientizar a populaA�A?o sobre o perigo das doenA�asa�?, explicou o secretA?rio de Governo, Alexandre Bastos.

A secretA?ria de SaA?de, Fabiana Catalani, ressaltou que a participaA�A?o da populaA�A?o no combate aos vetores A� essencial.

“A populaA�A?o precisa a cada dia ter mais consciA?ncia de que a prevenA�A?o A� sempre a melhor soluA�A?o para evitar o aumento no nA?mero de casos das doenA�as e isso deve ser feito o ano inteiro. Cada um deve fazer a sua parte e as principais medidas devem ser tomar conta da prA?pria casa e quintal, acondicionar o lixo domA�stico de forma adequada, evitar A?gua parada em vasos e pneus e outros recipientes e nA?o jogar entulhos nas ruas”, concluiu.

TambA�m participaram da reuniA?o o secretA?rio de Desenvolvimento Ambiental, Leonardo Barreto; o superintendente de Limpeza PA?blica, Alfredo Dieguez; da subsecretA?ria de AtenA�A?o BA?sica, Cintia Ferrini; do diretor do Centro de ReferA?ncia de DoenA�as Infecciosas (CRDI), Luiz JosA� de Souza; do superintendente de Postura, Victor MontalvA?o e do diretor do CCZ, Marcelo Sales, alA�m de representantes da secretaria municipal de Desenvolvimento Humano e Social (SMDHS) e da Secretaria de EducaA�A?o, Cultura e Esporte (Smece).

Kits de teste rA?pido a�� Desde a A?ltima segunda-feira (14), a VigilA?ncia em SaA?de vai disponibilizar, em vA?rias unidades, kits de teste rA?pido para detecA�A?o de dengue, zika e chikungunya. Cerca de 20 mil unidades foram recebidas do MinistA�rio da SaA?de, atravA�s da secretaria estadual de SaA?de. O resultado da anA?lise sai em 20 minutos. Para ser submetido ao teste, o paciente tem que apresentar sintomas de uma das doenA�as.Fonte: Ascom