Lei Seca flagra mais de mil motoristas embriagados no interior

Este ano, houve aumento de 22% nas operaA�A�es realizadas na regiA?o

Região
Por ASCOM
15 de maio de 2018 - 14h30

OperaA�A�es foram ampliadas no interior (Foto: DivulgaA�A?o)

Desde o inA�cio do ano, a OperaA�A?o Lei Seca intensifica as aA�A�es de fiscalizaA�A?o no interior do Estado do Rio de Janeiro. O objetivo A� a reduA�A?o do A�ndice de motoristas dirigindo alcoolizados na regiA?o, que atualmente representa mais que o dobro do nA?mero da RegiA?o Metropolitana. Este ano, a mA�dia de abordados com sinais de alcoolemia na RegiA?o Metropolitana A� de 4,3%, enquanto no interior este A�ndice chega a 9% do total de abordagens.

No primeiro quadrimestre deste ano, foram realizadas 97 blitzes no interior e 11.660 motoristas foram abordados. Destes, 1.047 estavam alcoolizados. AlA�m disso, 3.592 motoristas foram multados, 531 veA�culos rebocados e 876 carteiras de habilitaA�A?o foram recolhidas. Neste mesmo perA�odo do ano passado, de janeiro a abril, foram realizadas 79 aA�A�es no interior, 9.760 condutores foram abordados e foi identificada embriaguez em 882 motoristas. Ou seja, este ano houve aumento de 22,8% de blitzes da OperaA�A?o Lei Seca no interior do estado.

“Analisando as estatA�sticas da OperaA�A?o Lei Seca, percebemos que no interior muitos motoristas insistem em combinar A?lcool e direA�A?o. Intensificando as aA�A�es de educaA�A?o e fiscalizaA�A?o nesta regiA?o, esperamos conseguir alertar a populaA�A?o para que mude seu comportamento e hA?bitos”, afirmou o tenente-coronel Marco Andrade, coordenador da operaA�A?o.

FiscalizaA�A?o

Desde a criaA�A?o da OperaA�A?o Lei Seca, 2.858.296 motoristas foram abordados em 20.625 aA�A�es de fiscalizaA�A?o e em todo o Estado do Rio de Janeiro. Os nA?meros registram ainda que 528.776 veA�culos foram multados, 102.199 veA�culos foram rebocados, 176.539 motoristas tiveram a CNH recolhida e foi identificada embriaguez em 185.292 condutores.

TolerA?ncia zero

Conforme a Lei 12.760/12, o condutor sofrerA? penalidades administrativas se realizar o teste do bafA?metro e for apontada presenA�a de pelo menos 0,05mg/L de A?lcool no ar alveolar. O motorista A� multado no valor de R$ 2.934,70, tem o veA�culo retido e o direito de dirigir suspenso por um ano. Em caso de reincidA?ncia, a multa dobra e passa a ser de R$ 5.869,40. E, caso o A�ndice seja igual ou maior que 0,34mg/L, alA�m destas penalidades, configura crime de trA?nsito, cuja a pena varia de 6 meses a 3 anos de detenA�A?o. Quem se recusa a realizar o teste do bafA?metro sofre as mesmas penalidades administrativas do teste positivo.