NA�vel do rio ParaA�ba em SJB aumenta e Defesa Civil segue em estado de atenA�A?o

A�rgA?o garante que a populaA�A?o que reside prA?ximo A� margem do rio nA?o corre risco de ficar desalojada

Geral
Por ASCOM
13 de março de 2018 - 12h30
(Foto: DivulgaA�A?o)

(Foto: DivulgaA�A?o)

Devido ao transbordo dos afluentes a�� rios Pomba, MuriaA�, Jaguari e Paraibuna e o subafluente Carangola a�� provocado pelas recentes chuvas, a Defesa Civil de SA?o JoA?o da Barra registrou uma variaA�A?o do nA�vel do rio ParaA�ba do Sul de 5,90 a 6, 10 metros, nas A?ltimas horas. Apesar de estar variando um metro acima da normalidade, o trabalho de monitoramento direcionarA? o planejamento das possA�veis aA�A�es emergenciais que causam preocupaA�A?o com nA�vel de 8 metros.

“Estamos em estado de atenA�A?o e seguiremos atuando no monitoramento para proporcionar tranquilidade A� populaA�A?o”, disse o coordenador da Defesa Civil, Adriano Assis, ressaltando que com 7 metros o A?rgA?o entra em estado de alerta e, com 8 metros, alerta mA?ximo.

De acordo com essa mediA�A?o atual, a populaA�A?o que reside prA?ximo A� margem do rio nA?o corre risco de ficar desalojada. a�?Somente as partes baixas das ilhas se encontram alagadas, porA�m o rio continua dentro de sua calha e nA?o sofreu transbordo, fato que possivelmente acontecerA? se o nA�vel chegar a uma cota de 8 metrosa�? explicou Adriano.

No momento, reforA�a Adriano, nA?o hA? motivos para populaA�A?o se preocupar. a�?A vantagem do municA�pio A� a proximidade com a Foz em Atafona, Ilha do Pessanha e GargaA?, facilitando assim o escoamento e a vazA?o dA?A?guaa�?, finalizou.