Estudantes do ColA�gio Estadual Thiers Cardoso fazem campanha contra fechamento da unidade

Os alunos publicam vA�deos nas redes sociais contra o anA?ncio de fechamento da escola para obras

Campos
Por Redação
13 de março de 2018 - 9h46
(Foto: ReproduA�A?o Facebook)

(Foto: ReproduA�A?o Facebook)

Professores, funcionA?rios e estudantes do ColA�gio Estadual Dr. Thiers Cardoso, situado no Parque TarcA�sio Miranda, usam as redes sociais para lamentar e manifestar contra o fechamento temporA?rio da unidade escolar com a “hashtag” #somostodosThiersCardoso. Eles foram comunicados pela Coordenadoria Regional de Campos na segunda-feira (12) apA?s decisA?o da Secretaria de Estado de EducaA�A?o (Seeduc). O motivo seria a falta de estrutura do prA�dio, tambA�m prejudicada apA?s as chuvas dos A?ltimos dias. A informaA�A?o A� de que os estudantes matriculados ali sejam transferidos para o ColA�gio Estadual JosA� Francisco de Salles, que fica a cerca de dois quilA?metros de distA?ncia, no bairro IPS. Ainda na segunda, a comunidade escolar participou de uma reuniA?o na quadra da escola para tratar do tema. Os resultados da reuniA?o ainda nA?o foram divulgados.

No Facebook, estudantes publicaram diversos vA�deos com depoimentos contra o fechamento da escola. O aluno do Ensino MA�dio, Wesley Tinoco, disse: “Pra mim, lA? nA?o A� simplesmente uma escola, lA? foi onde vivi meus melhores e piores momentos, fiz amizades que vou levar para vida inteira. NA?o podemos abandonar nossa escola. A direA�A?o e nA?s alunos, vamos tentar reverter essa situaA�A?o. Sei que nA?o serA? nada fA?cil, mas, juntos, podemos conseguir, #somostodosThiersCardoso”.

(Foto: ReproduA�A?o Facebook)

(Foto: ReproduA�A?o Facebook)

JA? uma aluna, nA?o identificada, declarou em outro vA�deo: “Eu sei que a escola tA? caindo aos pedaA�os, tA? vazando tudo, a escola tA? debaixo d’A?gua, qualquer momento a escola pode cair nas nossas cabeA�as… Mas eu nA?o quero parar de estudar lA?, qualquer coisa junta todo mundo na quadra e estuda junto”.

A mA?e de outro estudante escreveu na pA?gina da escola: “Eu acho absurdo transferir pra uma escola prA�-determinada. Acho que deveriam ser transferidos para alguma escola prA?xima ou possibilitar que os alunos escolham outra escola de sua preferA?ncia”.

Professores da unidade, que preferiram nA?o se identificar, afirmam que o problema da falta de infraestrutura poderia ser solucionado sem que houvesse a necessidade de transferir os alunos. O medo deles, dos estudantes e dos pais A� de que a transferA?ncia acabe se tornando fixa e os alunos nA?o retornem para a unidade, uma vez que o prazo de retorno A� indeterminado porque ainda nA?o hA? verba destinada para a reforma.

O prA�dio do ColA�gio Estadual Thiers Cardoso estA? com diversos pontos de infiltraA�A?o e necessita de reparo emergencial no telhado. Atualmente, cerca de 1200 alunos estA?o matriculados nessa unidade. A escola para onde eles devem ser transferidos, segundo nota oficial da Seeduc, pode nA?o comportar todos esses estudantes que sA?o orundos de diversos bairros adjacentes e atA� mesmo da Baixada Campista. A falta de transporte pA?blico para a unidade do IPS A� outro ponto de alegaA�A?o dos profissionais, estudantes e pais. HA? a preocupaA�A?o ainda com o ano letivo, que acabou de comeA�ar e pode ser prejudicado com essa transferA?ncia.

NOTA OFICIAL DA SEEDUC
“A Secretaria de Estado de EducaA�A?o (Seeduc) ressalta que o ColA�gio Estadual Doutor Thiers Cardoso NA?O serA? fechado. A escola foi interditada temporariamente para reforma e melhorias. Estudos estA?o sendo realizados para o remanejamento dos alunos e da equipe pedagA?gica para unidades escolares prA?ximas com capacidade fA�sica para receber essa demanda. A Seeduc destaca que nA?o haverA? prejuA�zos educacionais para os estudantes.”