Moradores denunciam constantes assaltos no Parque Santo Amaro

Escuridão estaria favorecendo ação de criminosos

Campos
Por Redação
13 de novembro de 2017 - 15h25

 

Avenida Nilo Peçanha ainda iluminada pelos estabelecimentos comerciais (Foto: reprodução)

Avenida Nilo Peçanha ainda iluminada pelos estabelecimentos comerciais (Foto: reprodução)

O bairro Santo Amaro, em Campos, tem sido alvo de bandidos nos últimos meses. De acordo com moradores, assaltos e furtos acontecem a todo instante, independente do horário. No entanto, os criminosos tem se favorecido com a escuridão em algumas ruas do local. A informação foi passada pela moradora Priscila Reis, que é socióloga.

Desesperada, ela relatou ao Jornal Terceira Via que o filho dela foi uma das vítimas. O adolescente, de 15 anos, foi assaltado durante o dia quando retornava para casa, após deixar a escola e teve os pertences roubados. Segundo ela, o bandido – também de bicicleta – abordou o filho e exigiu que ele entregasse o aparelho celular. “Meu filho percebeu que o criminoso não estava armado e ainda resistiu ao crime, mas o homem o empurrou contra o muro e ele não teve escolha”, contou.

Ainda segundo a moradora, os assaltos são problemas recorrentes no bairro. “Estamos transtornados com toda essa situação. Durante a noite os crimes são mais aterrorizantes, pois as ruas estão escuras. O fato de no bairro terem três escolas e duas universidades situadas, favorece muito a atuação de criminosos”, denunciou.

Priscila pede mais segurança e policiamento no bairro. “De vez em quando passam carros de polícia por lá, mas não é suficiente. Recentemente uma mercearia e uma oficina mecânica foram alvos da violência. Estamos muito assustados e, infelizmente, não temos esperança de que essa realidade mude”, lamentou.

A superintendência de Iluminação Pública informou que um novo cronograma de atendimento vem sendo elaborado, a partir de solicitações que chegam ao órgão, através dos telefones 98175-0931 ou 98126-0880. “Alguns pontos estratégicos também já estão no cronograma. De março a agosto deste ano, a superintendência realizou cerca de 14 mil atendimentos em postes localizados em diferentes bairros, localidades e distritos do município”, informou a prefeitura.

Já a Polícia Militar informou que nos últimos três meses a PM registrou três roubos de rua e um a estabelecimento comercial. “A região é policiada por motopatrulhas e uma viatura”.

Mesmo trecho da avenida, completamente escuro quando o comércio fecha (Foto: reprodução)

Mesmo trecho da avenida, completamente escuro quando o comércio fecha (Foto: reprodução)