Rosinha vira ré em ação de Cláudio Andrade que pede suspensão de pagamento à Caixa

Vereador aguarda manifestação da Justiça e lembra que o município de Campos pode ingressar ao lado do autor

Política
Por Redação
11 de julho de 2017 - 21h33

O vereador Cláudio Andrade (PSDC) deu entrada na Justiça Federal com uma ação popular com pedido de liminar visando suspender os pagamentos da Prefeitura de Campos à Caixa Econômica Federal na chamada “venda do futuro”.

Em liminar Andrade pede que a Caixa se abstenha de cobrar os valores mensais à Prefeitura de Campos referentes ao contrato de Cessão de Créditos referentes a Royalties e Participações Especiais pela Exploração de Petróleo e Gás natural de nº 0180.01.5543.82.

Cláudio também apresentou como pedido alternativo à Justiça, por questão de segurança jurídica, que caso a hipótese de suspensão não seja aceita, que a Caixa se limite a cobrar do município de Campos apenas o desconto no valor de 10% dos Royalties por ser o valor autorizado pela Lei Municipal 8.673/2015, ainda que para a operação financeira diversa da realizada, até o julgamento do presente feito.

Cláudio Andrade afirmou que são réus na Ação Popular a ex-prefeita de Campos Rosinha Garotinho, a Caixa Econômica Federal, dentre ouros. Todos terão vinte dias para contestar, a partir da citação, mas como há pedido de liminar, poderá o magistrado, a qualquer momento, nas próximas horas, deferir os pedidos liminares.

O vereador aguarda a manifestação da Justiça e lembra que o município de Campos pode, caso entenda pertinente, ingressar ao lado do autor.

acao-popular