Já são 11 casos confirmados e três óbitos por febre amarela no Estado do Rio

A última morte aconteceu na madrugada de quarta-feira (19) em Maricá e a doença foi confirmada nesta quinta (20)

Estado do RJ
Por Redação
20 de abril de 2017 - 17h34

nolvadex without prescription order lioresal Antabuse without prescription febre-amarelaSubiu para 11 o número de casos confirmados de febre amarela no Estado do Rio de Janeiro e para três o número de óbitos. O último caso e óbito aconteceu no município de Maricá e foi confirmado nesta quinta-feira (20) pela Subsecretaria de Vigilância em Saúde da Secretaria de Estado de Saúde.

O morador de Maricá já estava internado na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da localidade de Inoã desde a semana passada, apenas com suspeita da doença. Na terça-feira (18), ele foi transferido para o Hospital Evandro Chagas, da Fundação Instituto Oswaldo Cruz (Fiocruz), mas morreu na madrugada de quarta-feira (19).

De acordo com nota divulgada pela Prefeitura de Maricá, o homem era morador do bairro do Bananal, zona rural do município. A doença teria sido transmitida pelo vetor silvestre.

“A prefeitura reitera ainda que não há nenhum surto da doença na cidade e que a adoção de vacinação de bloqueio nas áreas rurais próximas ao Bananal, prevista para ser iniciada nesta quarta-feira, é uma medida preventiva que integra o protocolo de atuação da Saúde”, completou.

A prefeitura de Maricá começou na quinta-feira uma vacinação de bloqueio nas áreas rurais próximas ao bairro onde o paciente vivia. A medida integra o protocolo de atuação da Secretaria de Saúde local.
Informe Epidemiológico da Febre Amarela no Estado do Rio:

*Número de casos confirmados de febre amarela silvestre em humanos no estado do RJ por município de residência: 11

– 7 casos – Casimiro de Abreu, sendo um óbito
– 1 caso – São Fidélis
– 1 caso – São Pedro da Aldeia* – (*paciente contraiu a doença em viagem à zona rural de Casimiro de Abreu)
– 1 caso – Porciúncula*, sendo um óbito – (*local de infecção em investigação)
– 1 caso – Maricá, sendo um óbito – (*área rural do município)

*Número de localidades com casos confirmados de febre amarela em macacos: 2

– São Sebastião do Alto
– Campos dos Goytacazes