Usuários reclamam de má conservação de estrada do Xexé

Via que liga bairro ao centro do Farol está esburacada e não tem acostamento ou iluminação

Campos
Por Thiago Gomes
9 de janeiro de 2017 - 20h30
xexe-4

Quem usa a estrada reclama da quantidade de buracos (Foto: leitor)

Buracos nos dois sentidos da pista, ausência de acostamento e de iluminação. Estes são os principais problemas apontados pelos moradores e veranistas do Farol de São Tomé, que precisam usar a estrada que liga o bairro do Xexé ao centro do balneário. Com a chegada do verão, o fluxo de veículo aumenta no local e faz crescer também o risco de acidentes.

O técnico em mecânica Douglas Klein, 25 anos, reclama das condições da estrada, que é a única opção de caminho que liga o bairro ao centro do Farol. Ele conta que mora em Campos, mas possui casa no Xexé, onde passa o verão com a família, e costuma usar a via para fazer caminhadas.

“O problema dos buracos não é recente, mas piorou no último ano. A tendência é piorar ainda mais com o aumento do fluxo de veículos durante o verão, já que a população do Farol aumenta consideravelmente neste período”, disse.

xexe-3

Os buracos ocupam os dois lados da pista (Foto: leitor)

Ainda segundo Douglas, as depressões ao longo do asfalto colocam em risco a vida de motoristas, ciclistas e pedestres. “Como os buracos estão nos dois sentidos, o motorista precisa ir para a pista contrária se quiser desviar. Isso sem contar que não existe acostamento em todo trecho e nem iluminação, o que representa perigo para quem trafega por ali à noite”, reclamou o técnico em mecânica.

Segundo o secretário de Infraestrutura e Mobilidade Urbana, Cledson Sampaio, o órgão está fazendo um levantamento de todos os problemas nas estradas do município para verificação junto à Comissão de Gestão Governamental a liberação de verba e recuperação de alguns pontos. Ele explica que trechos da estrada do centro do Farol de São Tomé para o Xexé sofreram alguma danificação devido à ressaca do mar, que acabou interrompendo o tráfego, e também em função de forte chuva. Ainda segundo Cledson, após este levantamento, a secretaria poderá sondar os custos para promover os devidos reparos.

xexe-1

Falta de iluminação e de acostamento também são reclamações (Foto: leitor)